Está bonita em, se arrumou para você?

  • terça-feira, novembro 10, 2015
  • By Nicole Regiane
  • 9 Comments

Eu me amo
Você não leu o título errado não! Mas uma coisa está errada com certeza. Quantas vezes alguém já te perguntou "Ta bonita em, se arrumou pra você?" Duvido que alguém tenha perguntado, a pergunta que normalmente fariam é "Tá se arrumando pra quem?"

Leia esse texto ouvindo a musica abaixo



Quando você se arruma ou quando vai sair as pessoas sempre acham que se você se arruma mais do que o normal, você está se arrumando para alguém. Estou certa?


Ok pode ser que você esteja realmente se arrumando para alguém. Mas mesmo assim, porque o único motivo de uma pessoa se arrumar é para outra pessoa? Não entendo isso. Essa outra pessoa é realmente mais importante que você para ela merecer que você faça aquela "cerimonia" inteira de se arrumar, passar 1 tonelada de reboco e usar as melhores roupas. Eu não estou dizendo que você deva dar à louca e ir bagunçada para todo canto, nem que você deva se arrumar como se tivesse indo para um desfile de moda toda hora (até porque ninguém tem saco pra se arrumar toda hora, e só as Kardashians acordam arrumadas).
Eu estou apenas querendo entender porque as pessoas pensam que para você se arrumar, você tem que estar se arrumando para alguém. Ninguém merece isso. E se eu acordei feliz, lembrei daquele tutorial de maquiagem que eu vi semana passada e resolvi testar ele? Será que as pessoas já pararam para pensar que essas coisas acontecem?
Se você seguiu o que eu falei no começo do post e está escutando a música que eu pedi, se não esse é um bom momento de fazer isso e escutar um pouco antes de continuar lendo.
Bom, se você está escutando a música você deve ter passado pela parte:
"I love myself; I don't need anybody else… I love me"
(tradução: Eu me amo, eu não preciso de ninguém... Eu me amo).
Agora vocês entenderam o porquê da música né? Esse trecho é o que as pessoas têm que entender. EU ME AMO, e faço as coisas porque eu quero. Se isso te incomoda você não acha que o problema é você e não eu?

Como eu disse no meu ultimo texto (se não leu, continue lendo esse texto porque o link vai estar no final do post), as pessoas se incomodam quando você é ou faz algo diferente. Tudo bem pode ser nesse caso que as pessoas não fiquem "incomodadas" por você estar arrumada. Mas certamente elas ficam pensando o porquê. E o porquê geralmente é o que? Homens. Nosso sério isso? É serio que um homem deve me fazer ter vontade de me arrumar? Pode ser que sim, mas muitas vezes não é.


Uma coisa que eu também comentei no último texto foi que quando eu era mais nova, se uma garota tivesse arrumada, nem que seja um pouco ela queria impressionar um garoto. E isso sempre me tirou o serio desde aquela época, eu não me arrumava por causa dos seguintes motivos:
1.     Eu não queria parecer puta
2.     Eu não queria parecer que estava querendo chamar a atenção de alguém
Agora faz uma coisa, junte os dois motivos que eu falei. Viu o que gerou? Não faz sentido algum! PORQUE tudo na mente das pessoas tem que fazer as mulheres parecerem putas ou quererem aparecer para um homem?
Mas que coisa chata! E se eu quiser usar o vestido curto que eu comprei?
QUAL É O PROBLEMA. É meu e eu vou usar!
Isso é outra coisa que me incomoda bastante, ROUPAS CURTAS. Porque nós mulheres não podemos usar roupas curtas sem que apareça um nojento que não consegue manter o "bagulho" quieto venha gritar "E aê gostosa?" "Fiiiu fiu". Porque eles não assobiam para a mãe deles? Seria bem bacana, "ê mãe... Fiiiu fiu... Tá gostosa em". Já pensou? Ou melhor, imagine se um cara assobiasse para a mãe de um desses caras, com ele por perto? Ah eu ia achar graça.
Vida de mulher é um saco, vivemos em uma sociedade que nos proíbe de tudo e faz de nós faz viver como fantoches escutando NÃO, toda hora.
Feminismo
BASTA, eu me amo e está na hora de você me respeitar.
Última coisa que eu tenho aqui para discutir. Para os que não sabem, eu vou fazer aula de japonês semestre que vem. Adivinha por quê? Porque eu quero, mas isso não basta para algumas pessoas. Desde que eu me matriculei na aula já ouvi de tudo, "mal sabe inglês", "vai estudar italiano, é mais bonito para mulher", "japonês é difícil, arruma outra coisa", "faz culinária... Não tem não?", "Pra quê?" e a ultima "nem vai aprender". Estou cansada, realmente muito cansada. Nunca pensei que fazer algo que eu goste fosse me dar tanta dor de cabeça. Mas enfim, minha mensagem final aqui é não pare de fazer alguma coisa, não pare de se arrumar, não pare de ser feliz porque alguém disse ou porque as pessoas vão achar coisas sobre você. Aproveite a vida!


Para acompanhar um pouco mais das minhas aventuras, é só seguir nas redes sociais: 

You Might Also Like

9 comentários