Brasileiros pagaram menos para se hospedar em 50 destinos

  • terça-feira, abril 03, 2018
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments

Resultado de imagem para Ilha de San Andrés


A última edição do Hotel Price Index da Hoteis.com revelou que, pela primeira vez em três anos, houve um aumento de 2% no preço das tarifas em nível global. E com a moeda mais forte em 2017, os brasileiros pagaram menos em 50 dos 80  destinos mais procurados no mundo.

As cidades com o melhor custo-benefício para os brasileiros foram Bogotá (Colômbia), Montevidéu (Uruguai) e Assunção (Paraguai); com o preço médio abaixo de R$ 300 por noite. E os três destinos da América Latina em que os brasileiros tiveram que desembolsar mais em 2017 foram Punta del Este (Uruguai), Ilha de San Andrés (Colômbia) e Ushuaia (Argentina).

Após um período estável de três anos nas tarifas de hotéis, os valores subiram 2% no mundo, de acordo com a última edição do Hotel Price Index da Hoteis.com. Já no Brasil, os viajantes pagaram uma média de 10% a menos por noite na comparação com 2016. O preço médio caiu em nove destinos e aumentou em seis. O Rio de Janeiro foi a única exceção, já que os preços caíram abruptamente em 21%. Isso se deve, em parte, aos preços que voltaram aos níveis praticados antes das Olimpíadas.

O HPI é um relatório anual sobre os preços dos hotéis nos destinos mais frequentados ao redor do globo, monitorando as mudanças nos valores que as pessoas realmente pagam pelas acomodações e fornecendo insights valiosos sobre os motivos dessas mudanças. Os dados são formulados com base nas reservas feitas nas centenas de milhares de estabelecimentos no site da Hoteis.com.


“O ligeiro aumento nos preços médios de acomodações pelo mundo, combinados com crescimento recorde de visitantes em inúmeros mercados, sinalizam um fortalecimento na indústria do turismo e um crescente desejo dos consumidores de explorar o mundo. Eventos culturais inspiraram os viajantes a vivenciar experiências e não atuarem como expectadores”, diz Johan Svanstrom, presidente da Hoteis.com.
  • Os brasileiros pagaram menos em praticamente todos os destinos latino-americanos em 2017
  • A América Latina teve ótimas tarifas em 2017, com ofertas abaixo de R$ 500 por noite em 12 destinos.
  • Com tarifas abaixo de R$ 300, Bogotá, Assunção e Montevideo registraram os três melhores valores para brasileiros em 2017. San Pedro de Atacama apresentou a maior queda, 13%, enquanto Lima esteve 11% mais barata e Cartagena da Índias, 10%.  
  • Já os três destinos mais caros para brasileiros foram Punta Del Este, Ilha de San Andrés e Ushuaia, no Uruguai, Colômbia e Argentina, respectivamente.
  • Preços médios por noite pagos por brasileiros em destinos na América Latina em 2017 comparados a 2016 (em R$):


 

 


Resultado de imagem para Porto de Galinhas
Fonte: Peixe Urbano | Reprodução

Brasileiros em viagens domésticas


O Brasil ofereceu um bom custo-benefício aos viajantes domésticos, com uma média de R$ 300 por noite em 18 destinos. No país, os brasileiros pagaram 3% a mais por acomodação por noite em comparação a 2016.

São Paulo foi a escolha número 1 e apresentou um aumento de 6% no preço médio. Em 2º lugar, o Rio de Janeiro registrou uma diminuição de 19%, em média, provavelmente resultado da queda na procura pós Jogos Olímpicos.

Porto de Galinhas registrou um dos maiores aumentos de preços, 25%, e foi o destino com preço mais alto: R$ 546 por noite. Já o melhor custo-benefício foi Belo Horizonte, que atingiu média de R$ 164 por noite.

Preços médios por noite pagos por brasileiros em destinos selecionados no Brasil em 2017 em relação a 2016 (em R$):



Resultado de imagem para Búzios
Fonte: Hotel Urbano | Reprodução
Os destinos brasileiros mais populares para estrangeiros


Búzios foi o destino com preços mais altos para os estrangeiros, enquanto Belo Horizonte registrou o melhor custo-benefício em 2017. Em seis cidades, a tarifa média foi de R$ 300 ou menos. Sem incluir o Rio de Janeiro, Campinas registrou a maior queda nos preços, 12%.

Vale lembrar que o Brasil já tem utilizado vistos eletrônicos, mais simples e baratos, para vários países. Neste ano, a novidade será estendida aos Estados Unidos com o objetivo de atrair mais turistas, já que o número de visitantes do país vem caindo nos últimos anos.

Preços médios por noite pagos por estrangeiros em destinos no Brasil em 2017 comparados a 2016 (em R$):

 

Resultado de imagem para orlando
Fonte: Hilton | Reprodução

Orlando foi o destino internacional mais popular entre os brasileiros


A queda no número médio de visitantes estrangeiros nos Estados Unidos em 2017, aliada à valorização do real em relação ao dólar, fez com que o preço médio pago no país caísse em 16 das 18 cidades mais populares. O preço médio se manteve abaixo dos R$ 800. Orlando foi o destino internacional mais popular entre os brasileiros e teve uma queda de 3% no valor das tarifas.

Na lista das 10 cidades com os preços mais altos pagos pelos brasileiros, entraram cinco cidades americanas. Nova York ficou em primeiro lugar, apesar de uma pequena queda, ainda assim, foi o 2º destino favorito no mundo todo entre os viajantes brasileiros.

Preços médios por noite pagos por brasileiros em destinos selecionados no Brasil em 2017 em relação a 2016 (em R$):




Resultado de imagem para Míconos
Fonte: dertour.de | Reprodução

A Europa foi a região preferida dos brasileiros


Míconos foi o destino com preços mais altos e Istambul apresentou o melhor custo-benefício.

Os visitantes brasileiros tiveram boas e más surpresas em 2017, já que os preços subiram em 16 destinos e caíram em 14. A Europa manteve os preços competitivos em todos os destinos com exceção de quatro, que apresentaram um preço médio abaixo de R$ 600.

Paris foi o destino europeu mais popular entre os viajantes brasileiros, que aproveitaram uma queda de 5% nos preços em relação a 2016.


Portugal bateu o recorde de visitantes em um ano. Os brasileiros colocaram Lisboa entre os 10 destinos mais procurados. A capital portuguesa continuou sendo uma das com melhor custo-benefício em toda região, mesmo com seu preço médio subindo 6% em 2017.

Preços médios por noite pagos por brasileiros em destinos selecionados no Brasil em 2017 em relação a 2016 (em R$):


 

Resultado de imagem para Hong Kong
Fonte: Abercrombie & Kent | Reprodução

Destinos asiáticos caíram no gosto do viajante brasileiro

Hong Kong foi eleita a cidade mais visitada no mundo por viajantes internacionais e os visitantes brasileiros observaram um aumento médio de 6% nos preços.


Graças ao fortalecimento do real em relação ao iene, os brasileiros pagaram 8% menos para se hospedar em Tóquio. Por outro lado, a queda de 5% no preço médio em Bali foi prejudicada pela erupção do Monte Agung, que causou um impacto na procura no final do ano, que normalmente é bastante alta.

Preços médios por noite pagos por viajantes brasileiros em destinos selecionados na Ásia em 2017 comparados a 2016 (em R$):

*Preços médios pagos por noite incluindo impostos e taxas.


Qual destino vocês acham que vai dar o que falar esse ano?

Para acompanhar um pouco mais das minhas aventuras, é só seguir nas redes sociais: 

Me chamo Nicole. Nasci em Brasília, mas moro no Canada. Acredito que cada lugar nos marca de alguma maneira. Criei esse blog para compartilhar as coisas que amo com vocês.

You Might Also Like

0 comentários