ARRASE NO IELTS | Dicas incríveis para ter um bom desempenho

  • quinta-feira, outubro 18, 2018
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments

ARRASE NO IELTS | Dicas incríveis para ter um bom desempenho


Onde estão os estudantes de plantão? Vou fazer para vocês uma serie de posts chamada ARRASE NO IELTS com dicas incríveis para ter um bom desempenho, e se dar bem, no IELTS.

International English Language Testing System, ou simplesmente IELTS, é o exame de proficiência em inglês mais popular no mundo. Ele é aplicado em 140 países e aceito por mais de 9.000 organizações, incluindo universidades, instituições governamentais e agências de emprego. Ele também é aceito para a emissão de vistos no Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Canadá. O teste avalia as habilidades dos candidatos em quatro áreas: listening, reading, writing e speaking. A prova pode ser realizada toda em um dia só, ou então o speaking em outro dia.

TOEFL e o IELTS servem para medir os conhecimentos do aluno na língua inglesa. Ambas as provas testam as habilidades de listening (compreensão auditiva), reading (leitura), writing (escrita) e speaking (oral). O TOEFL é administrado pelo ETS, tem validade de dois anos e pode ser realizado em várias cidades do país.




ARRASE NO IELTS | Dicas incríveis para ter um bom desempenho

Já o IELTS foi criado pela Universidade de Cambridge e é administrado pelo British Council. Diferentemente do TOEFL, não tem prazo de validade e pode ser refeito sem limite de intervalos. Mas é importante saber que as universidades geralmente exigem exames realizados há menos de dois anos. A nota é dada em uma escala de 0 a 9. A prova é aplicada em todo o Brasil de duas a três vezes por mês. Para consultar onde você pode realizar a prova, clique aqui. Veja no quadro ao lado as diferenças na estrutura dos dois testes:

Se o seu foco é Estados Unidos, o mais indicado é o TOEFL. Se é para algum país na Europa, Austrália, Canadá, Nova Zelândia ou África do Sul é o IELTS

Confira as partes da prova e como se dar bem nelas:

LISTENING (Escuta)


Seção 1 – Você ouvirá uma conversa entre duas pessoas em um contexto do dia-a-dia.
Seção 2 – O áudio será um monólogo sobre algum tema do dia-a-dia, como uma palestra sobre o que determinada cidade oferece ao turista.
Seção 3 – Você ouvirá uma conversa entre até 4 pessoas em um contexto educativo ou profissional, como um diálogo entre um professor e um estudante ou uma conversa entre um grupo de alunos sobre um projeto.
Seção 4 – Você ouvirá um monólogo sobre algum tema acadêmico, como uma aula em uma universidade, por exemplo.

Os tipos de questão - Há diferentes tipos de questão nessa etapa do IELTS. Algumas avaliam se o aluno entendeu a ideia geral do que está sendo falado enquanto outras pedem informações ou palavras específicas. Elas podem aparecer da seguinte forma:

  1. Múltipla escolha;
  2. Completar informações em um formulário;
  3. Completar palavras em uma frase;
  4. Respostas curtas, com limite no número de palavras;
  5. Combinar duas informações correspondentes;
  6. Completar informações presentes em um gráfico ou diagrama.

Para obter uma boa nota, não esqueça:
  1. Escreva as suas respostas a lápis conforme escuta às gravações e utilize os 10 minutos finais para passar as respostas a limpo.
  2. Preste atenção na introdução de cada áudio, pois ela contém informações importantes, como quem são os interlocutores e em que contexto estão ou sobre o assunto vão conversar.
  3. Leia com cuidado o enunciado das perguntas. Algumas questões limitam a quantidade de palavras que devem estar presentes na resposta. Não exceda esse limite.
  4. Não entre em pânico caso tenha perdido alguma resposta. Continue atento ao áudio e às perguntas seguintes. Algumas vezes elas podem ter relações.

Lembre-se:


Você só ouvirá cada gravação uma única vez.
Haverá tempo para ler o enunciado antes das gravações.
Uma resposta errada não anula uma certa, por isso não deixe de responder nada.

Dica:

Essa etapa tem MUITAS pegas. O áudio começa falando sobre alguma coisa e termina com outra, por isso preste MUITA atenção e só marque a alternativa no final. Exemplo:

Pergunta: What Mary eats for breakfast? (O que a Mary come no café da manhã?)
Mary likes to eat cake for breakfast… BUT today she ate bread with cheese. (A Mary gosta de comer bolo no café da manhã... MAS hoje ela comeu pão com queijo.)

Notaram o peguinha? Se você não presta atenção e já marca na resposta sem esperar o fim da frase você erra. E isso acontece demais na prova. Fique com o ouvido atento.

WRITING (Escrita)


Redação 1 – Nesta etapa, você deverá compor uma redação de no mínimo, 150 palavras descrevendo alguma informação visual, gráfico, tabela, mapa ou diagrama.

Para obter uma boa nota, não esqueça:


  1. Estude o vocabulário.
  2. Use apenas as informações presentes no gráfico, tabela ou diagrama, então atenha-se ao assunto apresentado e não se preocupe em dar opiniões ou explicar os dados. Mas não fuja do tema.
  3. Faça uma pequena introdução sobre o assunto e encerre o texto resumindo os principais dados ou tendências da questão.
Redação 2 – Você terá de escrever uma redação de, no mínimo, 250 palavras discutindo uma questão, argumento ou opinião.
No primeiro parágrafo faça uma introdução, dê a sua resposta e a justificativa principal. os dois seguintes, apresente exemplos que sustentem o seu ponto de vista, e conclua o texto no quarto parágrafo. Quem possui nível avançado de inglês, pode escrever um parágrafo a mais, antes da conclusão, com um contra-argumento.

Como fazer uma boa redação:

Justifique a sua resposta com dados e exemplos relevantes e de fácil conexão, que podem ou não ser de sua própria experiência.

O texto deve ser muito claro. Escreva um contra-argumento somente se o seu inglês for avançado e se isso não deixar a redação confusa.


Para obter uma boa nota, não esqueça:

  1. A segunda redação vale o dobro de nota da primeira. Por isso de toda a sua atenção para a segunda.
  2. O aluno pode distribuir os 60 minutos da forma que quiser, mas aconselha-se que sejam usados 20 minutos para a primeira redação e 40 minutos para a segunda.
  3. Leia o enunciado com atenção e não fuja do tema.
  4. Redobre a atenção com gramática, ortografia e pontuação para não perder pontos.
  5. Procure utilizar linguagem acadêmica para escrever o texto.

SPEAKING (Conversação)


Parte 1: Introdução e entrevista (4-5 minutos) Nessa parte inicial do teste, o examinador se apresenta e confere a sua identidade. Depois, fará perguntas gerais sobre você, seu dia-a-dia e temas familiares, como sua casa, trabalho, viagem e família.

Para obter uma boa nota, não esqueça:
Dê respostas completas, com justificativas e explicações, mesmo quando a pergunta for simples. Mostre todo o seu vocabulário.

Parte 2: Fala individual (3-4 minutos) Você receberá um cartão que o orientará a falar sobre determinado assunto. O examinador lhe dará um minuto para se preparar e fazer anotações e dois minutos para falar. Depois disso, ele poderá fazer uma ou duas perguntas sobre o tema.

Para obter uma boa nota, não esqueça:
Escreva palavras chaves sobre o que pretende falar dentro do assunto principal e comece dizendo ao examinador qual tópico você vai abordar. Dica: falar sobre experiências próprias tende a tornar a tarefa mais fácil.

Parte 3: Discussão (4-5 minutos)
Você e o examinador vão discutir algum tema relacionado à etapa anterior, mas de forma mais abrangente.

Para obter uma boa nota, não esqueça:
Responda o que o examinador perguntar, mas vá além: dê exemplos, justificativas e explicações. Fale em tom alto e claro, mesmo que esteja com medo de estar falando errado é melhor falar meio errado do que cochichar e ele não entender nada.

Caso você não saiba uma palavra contorne ela, explique o que ela significa. Exemplo:

Eu quero falar a palavra BOMBEIRO em inglês, mas eu não lembro. Então vou contornar a palavra de maneira que o avaliador entenda.

I forgot the profession’s name, but we call this person when there is a fire or an emergency. They came in a red truck that throws water. They save people and are very courageous.

Tradução: Eu esqueci o nome da profissão, mas nos ligamos para eles quando tem fogo ou uma emergência. Eles vêm em um caminhão vermelho que joga água. Eles salvam vidas e são corajosos.

Dessa maneira você não fica parado na resposta falando “ammmm hmmm”. E mostra que você tem vocabulário o bastante para saber se virar

Lembre-se:

As habilidades avaliadas na seção de speaking incluem fluência, vocabulário, gramática e pronúncia.
Se você não entender algo que o examinador falar, peça para ele repetir.
Dê respostas completas, com justificativas e exemplos. Não espere o examinador pedir por mais informações pois isso pode te contar tempo.

Dicas para estudar:

1.    Estude com cronômetro
o    Faça simulados com um cronômetro
o    Redações do writing de uma vez em até 60 minutos
o    Falar sobre determinado assunto, sem pausas, por dois minutos, que é uma das tarefas do speaking.
2.    Leia bastante e em voz alta
3.    Corrija sua escrita em voz alta
4.    De respostas completas
5.    Estude as linking words
6.    Mantenha a calma, se prepare 1 dia antes.

BÔNUS:

  • Minta - Ninguém sabe e ninguém liga se o que você tá contando é verdade, por isso não se sinta pressionado para falar a verdade. Não tem livro favorito? Inventa, cria, o importante é falar algo. Você não está sendo entrevistado pelo FBI, por isso uma mentirinha não vai fazer mal, vai te ajudar.
  • Evite utilizar palavras que você não saiba ou tenha duvida do significado. Tem dúvida? Não use. Melhor escrever com vocabulário básico do que tentar usar um mais difícil e escrever errado.

Gostaram das dicas? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos, bora ajudar quem vai fazer a prova em breve. 

Para acompanhar um pouco mais das minhas aventuras, é só seguir nas redes sociais: 

Me chamo Nicole. Nasci em Brasília, mas moro no Canada. Acredito que cada lugar nos marca de alguma maneira. Criei esse blog para compartilhar as coisas que amo com vocês.

You Might Also Like

0 comentários